sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada - Dia da Consciência Negra

     O resgate da cultura e a valorização do negro vem junto com a sua estética e, um dos pontos mais relevantes nessa relação são os cabelos.
     Em um passado não muito distante, os fios crespos eram vistos como uma parte frágil de negros e negras, tanto que a raspagem dos cabelos na época da escravidão era comum. Para os escravos, porem, este ato equivalia à mutilação, uma vez que o cabelo era uma das marcas da sua identidade.
     Através dos cabelos, a África conta sua história de sonhos, medos, guerras, mortes, vidas, mas também reforça os aspectos sociais, culturais e políticos da história do povo negro no mundo todo.
       A partir deste estudo resolvi resgatar o valor do cabelo Afro e trabalhar com as crianças do maternal as seguintes histórias:

Algumas atividades desenvolvidas:

E organizamos um convite onde convidamos todas as turmas para participarem.





Fizemos um ensaio na sala de aula com bastante alegria...
E depois um desfile com a presença dos pais, foi um sucesso...
Durante o desfile usamos a música Cabelo da Gal Costa.