segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Encantador de Histórias

           Um presente para nós educadoras de Juiz de Fora, foi a presença do escritor e professor Celso Sisto, na aula inaugural do Curso de Encantadores de História da Biblioteca Murilo Mendes.
Momento de Tietagem
Momento de Tietagem...

     Além de ouvir lindas histórias, aprendemos dicas importantes para uma ótima contação! 
     Dicas simples como
  • Devo escolher histórias que envolvam a minha emoção, para passar a emoção aos outros;
  • Contar histórias, não é simples, é um jogo de palavras;
  • É preciso mesclar a técnica da emoção a emoção da técnica;
  • É preciso construir seu próprio repertório;
  • Para um bom repertorio é preciso muita leitura, procura e preparo de novas histórias;
  • Escolher histórias que me desafiem como contador e não só como leitor;
  •  Contar uma história é resgatar o afeto;
  • Elementos fundamentais para se contar uma história: corpo, voz, olhar.
Para iniciar histórias:

E agora minha gente
uma história eu vou contar
uma história bem bonita
toda a gente vai gostar
tre-lê-lê
tra-la-lá
tre-lê-lê-lê
tra-la-la-lá
zip e zap (passar a mão na boca imitando um zíper)
eu vou passar 
para ouvir a historinha
que a (nome) vai contar

SAPATINHOS DE VELUDO
NESTA SALA VÃO ENTRAR
É A HORA DA HISTÓRIA (do Teatro)
ATENÇÃO,
MUITA ATENÇÃO,
VAI COMEÇAR!
Shhhhhhhhhh…..

Para terminar histórias:

     "Era uma vez a Vaca Vitória, morreu-se a vaquinha, 
acabou-se a história..."

      "Colori, colorado, este conto está acabado."

        "Quem conta um conto, aumenta um ponto."

"Entrou por uma porta

Saiu pela outra

Quem quiser que conte outra".


"Entrou por uma porta

Saiu pela outra
Mande el rei, meu senhor
Que me conte outra."

"Entrou pelo pé de um pinto
Saiu pelo pé de um pato
Mande el rei, meu senhor
Que conte quatro".



"Minha história acabou

Um rato passou
Quem o pegar
Poderá sua pele aproveitar.
E assim terminou a história"...